Recommendations by Engageya

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

03/05/2018

Throwback: Primeiro emprego e os sonhos que se foram...

   Já faz um tempo que estou com preguiça de vir aqui no blog fazer postagens, mas aí me lembrei que eu tinha algumas postagens guardadas nos rascunhos, e no meio deles eu encontrei um mini texto onde eu desabafava sobre meu primeiro emprego. Acontece que desde essa época muita coisa mudou e eu dou graças a Deus porque agora consigo ver o quanto eu evoluí, e eu nunca pensei que uma experiência tão ruim quanto essa me traria coisas positivas agora.
   E EIS AQUI O TAL TEXTO ESCRITO  NO DIA 29.12.2015
  Durante o ano todo fiquei pensando em como eu descreveria uma experiência dolorosa como essa, mas aqui estou nos últimos dias de dezembro escrevendo em uma tentativa de desabafar uma experiência difícil que foi esse primeiro emprego que tive.
  Para começar no ano de 2014 fiz o Enem para poder entrar na faculdade que eu ainda não sabia qual (eu tinha várias opções em mente). Fui sem ter estudado, mas ainda sim consegui uma boa nota que me proporcionou o 4ª lugar na bolsa do prouni para design de moda, mas não foi o suficiente já que só deram uma bolsa. Como sou uma pessoa que não tem paciência para esperar e nem anos para perder eu corri e me matriculei na faculdade sem bolsa nem nada, e isso não foi lá uma boa ideia. Em desespero de como eu iria pagar, comecei a procurar empregos em todos os lugares e até mesmo para lojas de shopping, e então fui contratada para uma loja de varejo (que eu gostava de fazer compras lá inclusive), e eu pensei que fosse ser legal, mas o trabalho era escravo. Eu chegava às 14:00h e saía às 22:30h, nem via a luz do dia indo embora e tinha de ficar o tempo todo em pé carregando roupas para lá e pára cá. Atender os clientes, ir no estoque, pegar roupas do provador, arrumar o setor e tirar um tempo pra oferecer cartão para as pessoas. No final do dia quando eu sentava no ônibus (isso quando eu conseguia sentar), meu sangue parecia que tinha parado de circular e eu sentia caibras terríveis nas pernas e muitas dores nos braços, por carregar tantas roupas de uma vez. Eu também precisava ficar na porta da loja fazendo pesquisa de satisfação e quando não tinha ninguém (se não fosse sexta, sábado e domingo), eu pegava uma caneta e registrava nos mini papéis alguns sentimentos e coisas idiotas.
  Trabalhando nesse lugar eu me sentia presa o dia todo e como um robô fazendo sempre as mesma coisas. As dores me consumiam e eu ainda tinha que fazer o trabalho dos outros, que ganhava todo o credito. E sempre tocavam as mesmas músicas todos os dias, mas no domingo tinha umas novas.
  Fiquei nesse emprego somente os três meses de experiência e dei no pé.
EIS AQUI A CONCLUSÃO DESSE TEXTO
  Nessa época eu matei mesmo todos o meus sonhos de adolescente para me tornar uma adulta (Embora eu não me sinta uma ainda, mas estou trabalhando nisso). Matei minha alter ego Emily Jacky que eu usava no meu antigo blog e me arrependo um pouco porque eu já tinha conquistado muitas coisas, mas acredito que os ciclos precisam ser concluídos e a Emily não fazia mais parte do que eu iria começar naquele momento. Também matei meus sonhos de trabalhar com música e ter uma banda, me desiludi com a faculdade que tranquei no ano seguinte e me senti uma fracassada por estar abandonando tudo. Mas a verdade é que agora eu estou formando novos sonhos, começando novos ciclos e estou me auto conhecendo e aprendendo a ter paciência que é o mais importante. Eu descobri minha verdadeira essência e personalidade, e estou descubrindo mais coisas a cada dia, e isso está sendo lindo. Estou aprendendo a ser mais positiva e acreditar em mim mesma, apesar de ser muito difícil já que eu passei a vida toda me auto depressiando. E uma das coisas mais importantes que estou aprendendo comigo mesma agora é resgatar antigos sonhos que podem sim fazer parte dos meus novos ciclos.
   Tenho certeza que não sou mais a mesma e me orgulho disso agora. Toda dor foi e está sendo um grande aprendizado. E estou muito feliz de conseguir concluir um texto aqui no blog sem toda aquela nuvem negra que eu costumava ter, e sem fazer com que a pessoa que veio ler queira morrer depois. :)
   Ahh e eu estou me esforçando para terminar as coisas que eu começo como esse texto e outros que eu nunca terminei.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Nice entry, I'm here for the first time and maybe I will stay longer!
    https://clicknorder.pk online shopping in pakistan

    ResponderExcluir
  2. Quanto tempo eu não passava aqui ><
    Eu vi todas essas suas fases <3 e posso dizer que você não abandonou nada, apenas conheceu novas coisas ;)
    Sucesso!


    http://diariodelolivlet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A vida é feita de ciclos e se uma porta se fecha, é porque outra melhor se abrirá lá na frente. E isso é ótimo! <3

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  4. Lindos recebidos, que bom que não desistiu, sucesso
    Adoro seu blog é muito lindo, estou seguindo querida

    https://coisasdecrespasoficial.blogspot.com/2018/06/shampoo-sem-sal-existe.html

    ResponderExcluir