02 julho, 2017

258 - Carta a um artista solitário

   Hey Everyone!
   Encontrei esse desafio da Bruna Morgan "642 coisas sobre as quais escrever" há alguns anos atrás por aí na internet, mas só agora resolvi começar a fazer. A lista não está completa ainda, mas tem vários assuntos e temas interessantes para escrever, e a ordem é você que escolhe. Para escolher aleatoriamente o assunto que vai começar  a escrever você pode usar o sorteador, assim como eu fiz e foi recomendado pela mesma. :)
    O primeiro tema que tirei foi: 258 - Carta a um artista solitário  
     Hello Dear!
     Eu sempre tive essa mania de ficar inspirada no meio da noite ensaiando o que eu iria te dizer, mas eu nunca soube ao certo quais as palavras certas usar para em momentos tão escuros e azuis como esses. Eu sei que não tem sido fácil, e eu sinto o mesmo que você. Nós sentimos a arte e queremos mostrá-la ao mundo, mas as pessoas não veem como nós vemos, não entendem como entendemos, e nem sente como sentimos essa estranha conexão com algo que nem ao menos sabemos explicar, mas que já está conosco desde o berço.
     Esses dias escuros um dia irão passar e sua arte não será mais tão solitária, e você tem que estar pronto, porque esse mundo é gigante, e posso lhe garantir que não somos os únicos que temos isso conosco. 
     É difícil pensar em esperança e felicidade quando tudo parece estar desabando e nada dando certo, mas você deve continuar a nadar assim como estou tentando fazer. Somos solitários e tristes, mas sabemos que isso que nos inspira a fazer coisas lindas e profundas. 
     Já percebeu que quando estamos naqueles momentos de felicidade instantânea, não somos mais os mesmos, e até parece que perdemos nossa identidade? Pois é meu caro, talvez o isolamento não seja lá um ponto negativo na profissão que escolhemos seguir. E falando nisso, talvez não estejamos trabalhando na como gostaríamos, mas sei que vai dar tudo certo no final, porque a arte me dá essa certeza, afinal esse é o único motivo que nos faz levantar todo dia de manhã e continuar respirando.
     Uma vez ouvi dizer que eu deveria dar o meu melhor, mesmo que ninguém estivesse vendo meus esforços, porque o sol nasce todo dia de manhã dando um grande espetáculo, mesmo sem ninguém estar lá para vê-lo nascer, então continue por você que continuarei por mim. 
     Outra pessoa também me disse que poderíamos fazer tudo que colocássemos em nossa mente, e devemos acreditar, porque temos algo poderoso em nosso favor. Nossas mentes são capazes de muitas coisas que ainda não descobrimos, mas podemos fazer isso juntos.
     E aqui está mais uma carta que jamais será entregue, com memórias mortas e sentimentos vazios em uma noite de cetim branco.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo